Quinta, 07 de Julho de 2022
25°

Pancada de chuva

Arcoverde - PE

Anúncio
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Audiência discute planejamento de entidades de desporto aquático para a Olimpíada de 2024

Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Salto ornamental é uma das modalidades que mais ganham medalhas em olimpíadas A Comissão do Esporte da Câ...

20/05/2022 às 13h40
Por: Roberto Albuquerque Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Salto ornamental é uma das modalidades que mais ganham medalhas em olimpíadas - (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Salto ornamental é uma das modalidades que mais ganham medalhas em olimpíadas - (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados realiza na próxima terça-feira (24) nova audiência pública sobre o ciclo olímpico Paris 2024. Desta vez será discutido o planejamento para os desportos aquáticos.

O deputado Luiz Lima (PL-RJ), que pediu a realização do debate, afirma que natação, águas abertas, nado artístico, polo aquático e saltos ornamentais são algumas das modalidades que mais ganham medalhas em jogos olímpicos.

Segundo o parlamentar, os resultados alcançados nos últimos anos, especialmente após a destinação de recursos públicos das loterias, podem ser melhorados no próximo ciclo olímpico.

No último dia 17, foi a vez da Confederação Brasileira de Atletismo apresentar ao colegiado as ações adotadas pela entidade para garantir melhores resultados nas Olimpíadas do ano que vem.

Debatedores
Foram convidados para a audiência de terça, entre outros:
- o vice-presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Renato Cordani;
- o presidente da Confederação Brasileira de Saltos Ornamentais (CBSO), Ricardo Moreira; e
- o presidente da Federação Aquática do Estado do Rio de Janeiro (FARJ), Celso Campos de Oliveira.

A audiência será realizada no plenário 4, a partir das 13 horas, e poderá ser acompanhada ao vivo pelo portal e-Democracia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários