Quinta, 07 de Julho de 2022
24°

Pancada de chuva

Arcoverde - PE

Anúncio
Economia Negócios

Mercado global de bem-estar crescerá 19% nos próximos anos

Brasileiros estão entre os povos que mais devem consumir produtos voltados ao bem-estar em 2022, aponta pesquisa.

17/05/2022 às 11h40
Por: Roberto Albuquerque Fonte: Agência Dino
Compartilhe:
image-from-rawpixel-id-1207-jpeg
image-from-rawpixel-id-1207-jpeg

A preocupação com a saúde e a qualidade de vida vem crescendo em todo o mundo, inclusive no Brasil, onde o tema ganha mais importância a cada dia. Dados publicados em 2021, pelo banco de investimento Credit Suisse, indicam que o mercado global de bem-estar crescerá 19% até 2024. Os números podem ultrapassar US$ 6,8 trilhões. 

Outra pesquisa, publicada pela McKinsey, apontou que, globalmente, os brasileiros estão entre os povos que mais pretendem utilizar e consumir serviços e produtos ligados ao bem-estar em 2022.

“Cada vez mais, as pessoas buscam por uma saúde integral, com foco no bem-estar físico e mental, alimentação, estética, qualidade do sono etc. Diante desse novo comportamento do consumidor, notamos crescimento de áreas como nutrição e alimentação, que devem protagonizar diversos lançamentos de produtos nos próximos anos”, avalia Lukas Fisher, CEO da Smart Life Wellness Nutrition.

No Brasil, nas duas últimas décadas, o setor de alimentação ligado ao bem-estar vem avançando expressivamente. De 2009 a 2014, o crescimento foi de 98%, segundo levantamento publicado pela Euromonitor (2020). “Nesse novo ambiente, os brasileiros estão consumindo cada vez mais suplementos alimentares que agreguem outros benefícios funcionais”, revela Fisher.

Um levantamento feito pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad), em 2020, mostrou que 59% dos lares brasileiros já contavam com pelo menos uma pessoa consumindo esses produtos. Além disso, 85% das pessoas entrevistadas buscavam nesses alimentos benefícios para a saúde.

Diante de um mercado em ascensão, empresas do setor vêm se movimentando para lançar produtos que atendam às necessidades de consumidores que pretendem adotar um estilo de vida mais equilibrado, com mais saúde e bem-estar. “Trata-se de um segmento bastante promissor e estratégico para a companhia, que também anunciou a ampliação de seu portfólio no Brasil, apresentando novos produtos neste segmento”, destaca Fisher.

Até 2025, a projeção é de que o mercado global de suplementos alimentares movimente mais de US$ 252 bilhões (cerca de R$ 1,4 quatrilhão), conforme aponta pesquisa, publicada no início de 2022, pela Future Market Insights (FMI).

Para mais informações, basta acessar: https://smartlife.com.br

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários