Terça, 05 de Julho de 2022
22°

Pancada de chuva

Arcoverde - PE

Anúncio
Geral assistência social

Ações na assistência social compõem anúncios do Plano Retomada no Sertão Central

Serão repassados R$ 900 mil em recursos estaduais para essa área em Salgueiro, Serrita, Parnamirim e Terra Nova

14/06/2022 às 19h40
Por: RENILTON BARROS
Compartilhe:
Ações na assistência social compõem anúncios do Plano Retomada no Sertão Central

O Governo de Pernambuco seguiu com as agendas do Plano Retomada nesta terça-feira (14) e aportou nas cidades de Salgueiro, Serrita, Parnamirim e Terra Nova, no Sertão Central. Na região, foi anunciado o repasse de mais de R$ 900 mil em recursos, que seguem para os municípios por meio de transferência na modalidade Fundo a Fundo. Participaram das ações o governador Paulo Câmara e o secretário executivo de Assistência Social, Altair Correia, ligado à Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude do Estado.

 

Em Parnamirim, Terra Nova e Serrita, a gestão estadual garantiu a destinação de R$ 30 mil e R$ 12 mil, respectivamente, para melhorias nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e custeio de benefícios eventuais, pagos em situações de nascimento, morte, calamidade pública e vulnerabilidade social. Para Salgueiro, foram R$ 60 mil para os CRAS e R$ 24 mil para benefícios eventuais. Em Terra Nova, também foram liberados R$ 30 mil para manutenção do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

 

Durante o Plano Retomada, os municípios também aderiram ao programa Tá na Mesa PE. Parnamirim vai receber R$ 182 mil, Salgueiro, R$ 120 mil, e Serrita e Terra Nova, R$ 194 mil, para implantar cozinhas comunitárias. Os equipamentos, importantes para o fortalecimento da Política de Segurança Alimentar e Nutricional, terão capacidade para produzir 200 refeições por dia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários