spot_img

Governo de Pernambuco e UFRPE realizam Encontro de Gestores Municipais de Assistência Social

Na ocasião, a pasta também lançou a versão Virtual do CapacitaSUAS 2021, que ofertará cursos e estará integrado ao Instituto Menino Miguel.

Nesta quinta-feira, o Governo do Estado de Pernambuco, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, e a Universidade Federal Rural de Pernambuco, realizaram o Encontro de Gestores Municipais de Assistência Social e o Lançamento do CapacitaSUAS – Virtual/ Pernambuco – 2021. De forma remota, o evento apresentou, principalmente para os novos Gestores municipais de Assistência Social e demais profissionais do SUAS, a estruturação do Sistema Único de Assistência Social – SUAS em Pernambuco, as formas de apoio e o acesso ao Governo do Estado.

“Estamos vivendo um momento desafiador, em que antes mesmo da pandemia já vivenciávamos. Mas temos que olhar para um cenário de oportunidades em 2021. Precisamos fortalecer a Frente Parlamentar estadual e federal em defesa do SUAS através de intensificações no legislativo, nos fazer presentes na Conferência de Assistência Social e no Comitê Consórcio Nordeste”, comentou o secretário-executivo, Joelson Rodrigues, que também apresentou o SIGAS/PE, esclarecendo se tratar de um canal de comunicação direto com os gestores.

Durante suas explanações, Joelson fez um balanço e uma apresentação geral sobre as ações do Governo. O secretário abordou o cenário de ameaças, em que citou o aumento de 2% da população em situação de extrema pobreza, o que representa mais de 1,2 milhões de famílias; o aumento da fila de espera de famílias atendidas pelo Bolsa Família; a redução do número de 1.684 famílias beneficiárias do BF; o fim do auxílio emergencial, além das mudanças no CadÚnico.

O encontro também reforçou a discussão entre os novos gestores da Assistência Social sobre algumas orientações gerais para a transição. “Entre outras funções, o Conselho normatiza, fiscaliza e acompanha os serviços prestados aos usuários. Precisamos seguir o art 30 da Lei da Assistência Social, que deve nortear as ações dos gestores e assim garantir uma efetiva institucionalização e funcionamento de Conselhos, Fundos e Planos de de Assitência Social”, relembrou Lourdes Viana, Vice-presidente do Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas/PE).

Em seguida, Paula Vanusa, coordenadora Estadual do Programa CapacitaSUAS em Pernambuco, fez as considerações sobre o Programa e sua implementação no estado de Pernambuco neste ano.  Ao todo serão 5.075 vagas, iniciando a execução em fevereiro, pelos 20 novos cursos proposto pela Secretaria SDSCJ e aprovados pelo Ministério da Cidadania, com carga horária de 20 horas síncronas, e serão ofertados de forma virtual até a imunização total da população.

“Teremos cursos com carga horária de 20h e 40 horas e as aulas serão online e offline, síncronas e assíncronas, hibrido, além de webinários e lives”, pontuou Paula. Todas as modalidades dos cursos serão divulgadas e agendada um live de apresentação e detalhamento acerca das metas, modalidades, protocolos e metodologias, no início de fevereiro, e, ainda, anunciar o cronograma dos primeiros cursos, que serão executados pela Fadurpe/UFRPE e gerido pela Gerência de Gestão do Trabalho e Educação Permanente da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude.

“Parabenizo o Estado de Pernambuco pela iniciativa de ir em busca de uma formação de qualidade para os trabalhadores e de ter proposto, ainda em 2020, cursos na modalidade de Ensino a Distância a fim de garantir a continuidade da educação permanente  aos seus trabalhadores/as no contexto de pandemia . Tenho certeza que esses cursos vão trazer desafios, mas também muitos benefícios e subsídios significativos para o pais”, comentou a Coordenadora de Gestão do Trabalho e Educação Permanente do Ministério da Cidadania, Patrícia Raposo.

Ao final, os participantes tiveram aula inaugural com a professora e pesquisadora de Administração Pública e Governo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), Gabriela Spanghero Lotta sobre o cenário atual da assistência social e as perspectivas como um norte para os assistentes sociais. “Esperamos aprofundar sobre a importância e o papel dos profIssionais da linha de frente, pois não imaginam como eles podem ter repercussão na desigualdade, tanto no sentido de aumentar como de diminuir”, explicou Gabriela.

Fizeram ainda parte da composição da mesa virtual com falas de saudação e boas-vindas: o Diretor do Instituto Menino Miguel da UFRPE, professor Humberto Miranda; o  Representante do Fórum Estadual de Trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social do Estado de Pernambuco (Fetsuas/PE), Priscilla Barros; Vice presidente do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social de Pernambuco (Coegemas/PE), Penélope Andrade; Presidente do Conselho de Curadores da Fundação Apolônio Salles de Desenvolvimento Educacional, Francisco de Carvalho; Reitor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Professor Marcelo Carneiro Leão e Raquel de Aragão Uchôa Fernandes – Universidade Federal Rural de Pernambuco – Coordenadora Pedagógica do CapacitaSUAS/PE.

 

spot_img

Faça seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img

Siga-nos!

2,198FãsCurtir
148SeguidoresSeguir
5,860InscritosInscrever

Últimas postagens