spot_img

Bivar não acredita no retorno de Bolsonaro ao PSL e estuda candidatura própria

O presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, não acredita no retorno de Jair Bolsonaro à legenda. Apesar do namoro entre o presidente do país e o partido, Bivar estuda uma candidatura própria, mas com quem respeite as instituições e siga a agenda liberal de acordo com os princípios do PSL.

“Nós não somos intratáveis, tá certo? Mas o presidente tem a sua linha. E eu não acredito que o presidente saia da sua linha. Eu não acredito. Uma coisa é certa: o PSL, a exemplo do que aconteceu em 2018, não será coadjuvante. O PSL vai ter sua opinião própria em relação ao nosso país. Tem muitas coisas em 2018 que efetivamente não foram atendidas. E nós esperamos que em 2022 o PSL tome um partido de uma candidatura que venha a atender aquilo que não atendeu em 2018. As coisas que ficaram mais para trás. Esse é o sentimento que paira no partido”, destacou Luciano Bivar.

O partido ainda não definiu se terá uma candidatura própria em 2022, mas a possibilidade é estudada. O fato é que, independentemente do nome, o candidato terá de seguir e cumprir as ideias do PSL.

“A gente luta pelo ideal, não pela fulanização. Certo? O partido é impessoal, formado por ideias, por objetivos dentro do que a sua totalidade entende o que seja melhor para o país. Isso é o nosso norte. O PSL acha-se, pela condição em que está hoje, de não ser coadjuvante em 2022. Isso não vai ser”, explicou Bivar.

A chance de ter uma candidatura a vice também não é descartada. Porém, as discussões iniciarão apenas no final de abril junto com os correligionários para tomar a melhor decisão para o partido e para o Brasil.

“Pode ter uma candidatura própria. É uma discussão que nós vamos fazer muito em breve. Uma discussão preliminar vamos ter na quarta-feira (28) e vamos ter uma maior com todos os que ingressaram no partido. Com o governador do Tocantins. Como os novos diretórios que foram formados, o do Amapá, também no Maranhão, pelos novos diretórios que estão sendo formados. Então, vamos ter uma discussão ampla, com todas essas pessoas, para saber o que nós vamos fazer efetivamente, concluiu.

spot_img

Faça seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img

Siga-nos!

2,198FãsCurtir
148SeguidoresSeguir
5,860InscritosInscrever

Últimas postagens