spot_img

Mercado imobiliário é o caminho para o Brasil sair da crise

Afinal, com o isolamento social e o distanciamento físico, as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa. Seja estudando ou trabalhando, a certeza é de que a pandemia impôs novas necessidades domésticas e a busca por conforto dentro do lar. Especialista em mercado imobiliário, Rafael Scodelario acredita que esta situação se reflete no aumento da procura por imóveis, e, quando encontrados, são comercializados pelas melhores condições de compra aos interessados.

Para manter-se em crescimento mesmo na pandemia, o mercado de intermediações imobiliárias precisa superar uma série de desafios. O especialista destaca alguns deles: “Primeiro de tudo, blindar seu psicológico para se manter no foco, independente do momento da venda. Quando digo momento da venda, é que nem tudo é um mar de maravilhas quando se trata de vendas de imóveis, pois também depende de outros fatores, como documentação, financiamento, etc”.

Outro desafio é “entender o perfil comportamental do interessado para poder falar a mesma língua do que ele, além de compreender o momento do interessado para poder adequar o melhor produto. Além disso, é fundamental perceber o momento do vendedor, para poder colocar a melhor estratégia em prática visando o fechamento”. Aliás, é nesta parte que também há um detalhe fundamental a ser considerado: “É aí que se conclui que o corretor é a figura principal do negócio, pois todos contam com o profissionalismo e ética do mesmo”, reforça Rafael.

Para quem deseja adquirir um imóvel neste atual momento que o Brasil está passando, Scodelario aponta que todos os tipos de transações são válidos: “Residencial, comercial, corporativos, hotelaria, terreno, galpão e etc. Enfim, o momento é bom para qualquer tipo de investimento, pois o crédito está mais em conta e acessível, e com isso temos este resultado que todos estão vendo. Vivemos um tempo de recorde de vendas, de liberação de financiamento e de projetos aprovados”.

Diante de tantos fatores positivos, o especialista se entusiasma e está esperançoso com o futuro econômico do país: “O mercado imobiliário é um dos grandes propulsores da retomada econômica do Brasil”.

Para quem foi afetado com a pandemia e perdeu o emprego, Scodelario orienta: “Como o corretor de imóveis é um associado, um profissional autônomo, então essa é uma área que sempre terá vaga aberta no mercado”. Com uma carreira de sucesso consolidada nesta profissão, ele dá uma dica para quem deseja ter uma empresa desse ramo e busca sobressair frente às outras do ramo: “Entenda o cliente, e saiba que seu trabalho não se trata de venda de produto, e sim de soluções para as pessoas”, finaliza.

spot_img

Faça seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img

Siga-nos!

2,198FãsCurtir
148SeguidoresSeguir
5,860InscritosInscrever

Últimas postagens