Vereadores de Buíque aumentam salários em 25,5% a partir de 2017

Enquanto Brasília ferve, a economia registra quedas em seus índices e o desemprego cresce em todos os setores, os vereadores de Buíque, Agreste de Pernambuco, deixaram os problemas de lado e resolveram presentear os futuros vereadores, prefeito e futuros secretários, com um aumento de salário a partir de janeiro de 2017.

Durante a penúltima sessão legislativa dos atuais vereadores, os parlamentares buiquenses aprovaram os projetos de lei 03/2016 e 05/2016 que fixam os subsídios dos vereadores, do prefeito, do vice-prefeito e dos novos secretários do município. Os dois projetos  foram aprovados por unanimidade.

Os vereadores utilizaram como argumento para o reajuste o que determina a Constituição Federal aonde define que as cidades com mais de 50 mil e menos de 100 mil habitantes o salário dos vereadores pode ser de até 40% do salário de um deputado estadual. Com base nisso, os vereadores de Buíque vão passar a receber um salário de R$ 10.100,00 (dez mil e cem reais) no exercício de 2017 à 2020. O valor representa um aumento de 25,95% sobre os valores atuais.

Já o projeto 05/2016, aprovado também por unanimidade, definiu que o salário do prefeito será de R$ 22.000,00 (vinte e dois mil reais), um reajuste de 10%; o vice receberá R$ 14.000,00 (catorze mil reais), com aumento de 16,7%; e os secretários municipais terão salário de R$ 4.300,00 (quatro mil e trezentos reais) a partir de janeiro de 2017, com o menor percentual de reajuste: 7,5%.

Hoje o chefe do poder executivo recebe mensalmente R$ 20 Mil. O Vice-Prefeito ganha R$ 12.000.00 e cada vereador percebe a quantia de R$ 8.019.00. Já os secretários municipais  recebem um salário de R$ 4.000,00.

 

Reportagem de a Folha das Cidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação contra spams * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.