Na volta do recesso parlamentar vereadores aprovam homenagem ao professor Carlos Alberto Cavalcanti e Célia cobra estadualização da AESA e bolsa para alunos carentes

13901542_1147637561942119_2549967245204010539_n

AESA: Cursos sem alunos resultarão no fechamento da faculdade. “Devemos estadualizar a AESA e garantir bolsas para estudantes carentes que sonham em ter o ensino superior”

Passado o recesso parlamentar, reiniciaram as sessões da Câmara Municipal de Arcoverde. Na primeira noite dos trabalhos legislativos, assistimos uma reunião apática e sem discursos calorosos. O vereador Warley apresentou projeto concedendo Medalha de Honra ao Mérito ao professor Carlos Alberto Cavalcanti e pediu a retomada da feira de artesanato na praça Winston Siqueira. Luíza Margarida solicitou asfaltamento da Rua Alfredo de Souza Padilha. Djanira Brito apresentou votos de aplausos à Tropa do Balacobaco e cobrou iluminação da Rua João de Barros no povoado de Caraíbas. Célia declarou no seu discurso a importância do trabalho realizado pelo ex-secretário Ricardo Lins durante a atuação na Secretaria de Obras onde prestou muitos serviços. Defendeu a estadualização da Aesa, por entender que é a melhor forma de manter a faculdade funcionando. “Madalena não tem culpa por ter recebido a AESA nesta situação. É preciso que o município e o poder legislativo se mobilizem para resolver o problema da nossa faculdade. O ideal é que as vagas da faculdade sejam distribuídas de acordo com um critério que permita que as pessoas carentes possam estudar na condição de bolsistas.  Requereu ainda à Prefeitura para que seja feito o asfalto ou calçamento na travessa São Francisco no São Geraldo. Paulinho pediu a instalação de uma lombada na Cohab I. Já o Sargento Siqueira fez o pedido de reposição de calçamentos nas Ruas Joaquim Rodrigues, 21 de Janeiro e Rua José Pacheco Luna, no bairro da Boa vista.

As sessões estão sendo transmitidas pela Rádio Arcoverde FM 104,9 – http://www.radios.com.br/graficos/Radio-Arcoverde-104.9-FM/27087

GRUPO WHATSAPP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação contra spams * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.