Principais requerimentos dos vereadores de Arcoverde / Sessão do dia 18.12.2017

Luiza Margarida – Requereu luminárias para a Rua Arcelino de Brito, apresentou votos de aplausos pelos 10 anos da Associação Mão Amiga e solicitou ao Deputado Sebastião Oliveira, a requalificação da estrada que liga as cidades de Águas Belas e Arcoverde.
Cleriane Medeiros fez uma retrospectiva de seu mandato, informando que fez ao longo de 2017, 159 requerimentos.
O vereador João Taxista pediu o conserto de brinquedos existentes na Rua 18 de agosto – que dá acesso a Rua Alfredo de Souza Padilha e apresentou pedido de retirda de entulhos na Rua Dr. Carlos Bradley.

A presidente da Casa, Vereadora Célia Almeida Galinido, explicou que um projeto que era esperado para conceder bolsas da AESA para os funcionários públicos não foi enviado pelo Poder Executivo, destacando ainda os problemas e dificuldades que aquela autarquia está passando e que não é de competencia do Poder Legislativo, discutir matérias que gerem despesas para o município. Apresentou um pedido de urgência para o projeto de doação de terreno para a iniciativa privada construir um centro de compras, mediante processo licitatório.

O Vereador Weverton Siqueira – Siqueirinha (PSB) fez um pronunciamento defendendo a restauração da PE 256 que liga o distrito de Ipojuca ao municipio de Arcoverde. Segundo o parlamentar, esse trecho da PE não estava no pacote de obras do Governo do Estado para 2017, motivo pelo qual, requereu ao Secretário Sebastião Oliveira, um apelo para incluir a estrada no plano de obras de 2018. Apresentou ainda MOção de Aplausos a toda equipe da Secretaria Munipal de Saúde pelo multirão de saúde realizado nas UBSF. Requereu ainda resposição de calçamento na Rua Ulisses de Brito.

A Vereadora Dra. Cybele Roa falou sobre o seu primeiro ano de mandato,  ressaltando o seu compromisso com a cidade de Arcoverde, lugar que escolheu há 14 anos para criar seus filhos e que ainda pretende servir muito e contribuir para o crescimento da cidade. Fez questionamento sobre a velocidade em que foi apresentado o projeto para a doação do shopping center de Arcoverde, mesmo sendo a favor do projeto, disse que é importante discutir melhor essas questões que envolvem a renuncia de ISS. “Sinto falta das discussões. Não podemos nos limitar a seguir os pareceres juridicos”. Célia, em a parte, esclareceu que os pareceres são necessários, pois há advogados na Casa para isso e nem todos os parlamentares dominam matéria jurídica. Os pareceres ajudam os vereadores a terem mais clareza a cerca da constitucionalidade ou não de cada matéria, facilitando o entendimento dos edis, sem tirar deles a independencia do voto, concedido pelas urnas” , disse a vereadora.
Heriberto do Sacolão – Requereu o saneamento básico e a reposição de lampadas da comunidade do Veraneio, a reposição de calçamento na Rua Ulisses de Alencar e pleiteou a construção de calçamento nas ruas 1º de Dezembro e 1º de fevereiro.
 
Zirleide Monteiro requereu  a reposição de calçamentos e redutores de velocidade nas Ruas Felix Barrto, no centro (rua que fica ao lado do estádio Aúreo Bradely) e a retirade de entulhos na Rua Antônio Morento, no centro da cidade. Mais uma vez requereu a colocação de tampa de galeria na  Rua Padre Anchieta e a requalificação paisagistica da Travessa Tirandentes, conhecida como Beco do Mijo,no centro da cidade. No segundo expediente fez questionamentos sobre o projeto de doação do terreno para o shopping de Arcoverde, mas acabou vontando a favor do projeto, pela expectativa de criação de novos empregos na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação contra spams * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.