Comando Presente anuncia ações de segurança para o comércio de fim de ano em Caruaru

Nesta quarta-feira (23), o Comando Presente realiza reunião na sede do Sindloja Caruaru, às 8h, para apresentar as ações de segurança e o planejamento estratégico que serão implantados no comércio do centro da cidade e no Parque 18 de Maio, especialmente em dias de Feiras da Sulanca, no período de fim de ano, quando o volume de vendas aumenta. Vão participar do encontro representantes das forças de segurança, das entidades de classe e do poder público.
Entre as medidas que serão apresentadas, está o “Cinturão da Segurança”, que envolve a ação conjunta das Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal; a doação de rádios comunicadores (HTs) para o efetivo da Polícia Militar; o aumento no efetivo policial; o apoio do helicóptero da Polícia Rodoviária Federal e o custeio da alimentação dos policiais que trabalharem no centro da cidade. Essas e outras ações são financiadas pelas entidades do setor empresarial e instituições ligadas aos feirantes que compõem o Comando Presente.
Na oportunidade, o presidente do Sindloja Caruaru e do Comando Presente, Alberes Lopes, vai expor os números da recente pesquisa encomendada pelo sindicato, que traz os principais obstáculos enfrentados pelos lojistas do centro e do Parque 18 de Maio. No levantamento, 35% dos lojistas entrevistados apontaram a “segurança pública” como principal problema enfrentado, seguido por “estacionamento” (17%) e “infraestrutura” (15%). A pesquisa foi realizada em parceria com Simplex Consultoria, que presta assessoria para o Sindloja, entre os dias 18 e 19 de novembro e ouviu 100 lojistas.
De acordo com a Polícia Militar, o trabalho de prevenção inicia na noite do domingo, quando policiais em viaturas fazem rondas em toda a área que compõe o eixo do Parque 18 de Maio e no centro, e também nas rodovias que dão acesso a Caruaru, principalmente nas BRs 232 e 104, em parceria com a PRF.
O Comando Presente foi criado em novembro de ano passado a partir da parceria entre entidades e associações representativas de classes, órgãos de segurança, poder público e sociedade civil, com a proposta de colaborar com as Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal no combate a criminalidade no Parque 18 de Maio e no centro da cidade e também na promoção de sensação de segurança para vendedores e compradores, o que afeta diretamente o desenvolvimento econômico do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação contra spams * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.