Caso Elvis em Buíque – Polícia faz reconstituição do crime

Elvis tinha 26 anos

CASO ELVIS: No último dia, 30/11/2017, por volta das 18:00 horas se deu início a reconstituição do crime (reprodução simulada dos fatos) do Caso Elvis, Crime que comoveu toda região.

A reconstituição do crime (reprodução simulada dos fatos) se iniciou com a colhida de informações de testemunhas na Delegacia da Policia Civil de Arcoverde-PE e Buíque-PE, e finalizou com o deslocamento de toda à equipe da Polícia Civil da 157º Circunscrição Policial de Buíque-PE, juntamente com a equipe de peritos do Instituto de Criminalista de Pernambuco, para o local onde foi praticado o crime, precisamente no Sítio Logradouro, de Buíque-PE.

Além da equipe de Polícia da 157º Circunscrição Policial de Buíque-PE, presidida pela Delegada de Polícia, Dra. Cristina, e os peritos do IC, se fizeram presentes algumas testemunhas que participaram da reconstituição, como também os advogados das respectivas famílias.

Por ser um direito lhe assegurado constitucionalmente, o menor investigado não se fez presente na reconstituição, só estando seu Pai e sua madastra.

A reconstituição se encerrou por volta das 02:00 horas da manhã, do dia de ontem (01/12/2017).

Anúncios

Agora o caso está à espera da conclusão da reprodução simulada dos fatos, o qual será entregue a Delegada responsável pelo caso, para que se proceda as diligências cabíveis, se necessário, ou mesmo que finalize o inquérito policial, o que será entregue ao Ministério Público de Pernambuco, na Comarca de Buíque-PE.

A reprodução Simulada dos Fatos, enquanto perícia posterior a todos os demais exames de corpo de delito, vai se nortear por todas as evidências demonstradas nos autos do inquérito. As versões apresentadas serão comparadas com as mesmas, e tais conclusões serão relatadas e discutidas no laudo, visando atestar o grau de possibilidade de terem, de fato, ocorrido.

A versão dada pelo investigado foi que o crime foi praticado por um disparo de arma de fogo acidental, que atingiu a região frontal da cabeça da vítima (testa), e que após o disparo, arrastou o corpo da vítima por alguns metros de distância, amarrando-o por um “cabresto” no veículo do pai do investigado, uma caminhote hillux, jogando o corpo as margens de uma estrada vicinal, próximo a sua casa.

A presente reconstituição dos fatos, também terá o condão de demonstrar se foi possível o suposto adolescente ter realizado o presente crime de forma isolada, ou seja, sem qualquer participação de terceiras pessoas.

Anúncios

Entenda o Caso: O Caso

No dia 8 de julho, no Sítio Logradouro, Zona Rural da Cidade de Buíque, Elvis Resende, 26 anos, filho de Expedito Almeida e Isabel Cristina Almeida, foi encontrado próximo a fazenda onde residia com um disparo de arma de fogo no meio da testa e marcas de tortura pelo corpo. O jovem foi amarrado com um cabresto de cavalo por uma das mãos e arrastado por uns 600 metros de distância. As investigações buscam certificar a autoria do ato infracional, que teria sido praticado por um primo de 14 anos da vítima e que é filho de pessoas que militam na política local. O Blog aguarda novas informações sobre o caso.

Banners

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação contra spams * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.