spot_img

Escola da Rede Estadual de Pernambuco oferece disciplina de Felicidade e inteligência emocional

 

Esta é a primeira vez que a eletiva é ofertada na EREM Carlos Soares da Silva, em Salgadinho. 

Estudantes da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Carlos Soares da Silva podem aprender sobre felicidade, autoconhecimento e inteligência emocional em eletiva ministrada na unidade de ensino. Isso porque está sendo ofertada, pela primeira vez, a eletiva “Felicidade e Inteligência Emocional – Porque Ser Feliz é Disciplina”. A unidade de ensino, única escola pública estadual na cidade de Salgadinho, no Agreste do Estado, conta com 271 estudantes matriculados.

A disciplina, que já é ofertada em várias modalidades por diversas universidades no Brasil e exterior, reforça o autoconhecimento como premissa para a felicidade. Reconhecendo e aceitando as múltiplas formas de ser, pensar e sentir no mundo. Como referência, a disciplina se baseia no Relatório Mundial da Felicidade da ONU – dentre outros documentos e teóricos, e promete, ainda, cultivar a solidariedade, o respeito às diferenças e a pessoa humana, o diálogo e os cuidados com o meio ambiente e o planeta dentro e fora do muro da escola.

O objetivo da eletiva é proporcionar um espaço de vivências favoráveis a uma boa qualidade de vida no ambiente escolar. Para isto, a programação conta com estratégias comportamentais e cognitivas que possam auxiliar os estudantes a lidar com os fatores estressores do dia-a-dia.

Para Romero Porfírio, professor de Língua Portuguesa e coordenador da eletiva, a felicidade precisa ser vista a partir de outras perspectivas. “A disciplina vem contribuir de maneira resiliente, na construção do estudante enquanto cidadão, dentro e fora da escola, para que eles consigam enxergar a felicidade a partir de conceitos plurais e múltiplos. Para que ele venha a ser feliz da forma mais autêntica possível: sendo ele mesmo”, contou Romero.

“As pessoas confundem bastante o conceito de felicidade. Por vezes, acreditamos que por estar triste em um dia deixamos de ser felizes. Temos na nossa escola uma cultura de cuidado muito reforçada, então nos preocupamos, para além das notas obtidas em avaliações, com a saúde emocional dos nossos estudantes”, frisou o professor.

A aula inaugural da disciplina eletiva será realizada nesta segunda-feira (26), e contará com a participação de Maria Medeiros, secretária executiva de Educação Integral e Profissional (SEIP), que apoia a iniciativa.

“Já trabalhando na perspectiva do novo Ensino Médio, as escolas estaduais em Pernambuco ofertam no seu currículo disciplinas eletivas. Esse espaço é para garantia de flexibilização curricular, e para oportunizar que professores e estudantes escolham temáticas interessantes e aderentes à realidade da escola. Nesse sentido, é muito bacana trazer para dentro do espaço da escola, para dentro do espaço das aulas de eletivas, o trabalho com as habilidades socioemocionais”, pontuou Maria.

Para a secretaria executiva, a disciplina também tem impactos na formação profissional dos estudantes. “Trabalhar nas eletiva a inteligência emocional, felicidade, trabalho em equipe, comunicação assertiva, entre outras habilidades, é muito necessário para preparar os nossos jovens para o mercado de trabalho que está exigindo cada vez mais profissionais com um perfil diferenciado. mais do que competência técnica, é preciso que os profissionais demonstrem competências comportamentais”, concluiu.

 

Clique na imagem para escolher um dos planos e venha falar conosco.     

spot_img

Faça seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img

Siga-nos!

2,198FãsCurtir
148SeguidoresSeguir
5,810InscritosInscrever

Últimas postagens