spot_img

Reajuste dos Planos de Saúde Autorizado pela ANS em 2021 – Audiência Interativa da Câmara dos Deputados

 

O debate foi solicitado pelo 3º vice-presidente da CIDOSO, dep. Denis Bezerra (PSB-CE), e pelo 1º vice-presidente da CDC, dep. Felipe Carreras (PSB-PE).

Os deputados ressaltam a vulnerabilidade dos consumidores de planos de saúde, principalmente os idosos, em virtude do risco à saúde da população e dos efeitos econômicos da pandemia. O deputado Denis Bezerra salienta que a Defensoria Pública da União (DPU), em fevereiro, recomendou a suspensão do reajuste dos planos de saúde em 2021 e das cobranças retroativas referentes a 2020.

“A autorização de aumento afetará de maneira muito severa os consumidores do nosso país, principalmente idosos, que, em virtude dos efeitos econômicos da crise sanitária causada pela Covid-19, já estão numa situação de extrema dificuldade”, afirma Bezerra.

Felipe Carreras reforça que a cobrança do reajuste referente a 2020 havia sido suspensa. “É inviável, em plena pandemia, quando as famílias estão mais vulneráveis tanto do ponto de vista da saúde, quanto do ponto de vista econômico, que sejam realizados dois reajustes e sua cobrança seja concomitante”, pondera Felipe Carreras.

spot_img

Faça seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img

Siga-nos!

2,198FãsCurtir
148SeguidoresSeguir
5,860InscritosInscrever

Últimas postagens