spot_img

Segunda dose da vacina contra covid-19 começa a ser aplicada nesta quarta-feira (25) no Porto de Suape

A partir desta quarta-feira (25), os trabalhadores portuários começam a receber a segunda dose da vacina contra a covid-19. A Secretaria Estadual de Saúde planeja liberar 4 mil doses do imunizante da AstraZeneca para o público formado por funcionários dos operadores portuários, terminais, trabalhadores avulsos, práticos, equipes dos órgãos intervenientes, das agências de navegação, dos estaleiros, da Concessionária Rota do Atlântico e pessoal administrativo do Porto de Suape. A ação será realizada desta quarta a sexta-feira (27) e nos dias 1, 2 e 3 de setembro. O atendimento ocorrerá no Órgão Gestor de Mão de Obra (OGMO – Suape), das 8h às 15h.

O atendimento será administrado pela Secretaria de Saúde da Prefeitura de Ipojuca, município onde está localizado o atracadouro e a administração da estatal. Para ter direito à vacinação, o trabalhador deve comparecer ao local na data programada e apresentar documento com foto e CPF, além do cartão da primeira dose. Os funcionários foram divididos em grupos por dia para facilitar a aplicação e não causar aglomeração.

A campanha será apenas para administração da segunda dose da AstraZeneca e para quem tomou a primeira no mesmo local. Não haverá outras vacinas disponíveis. O trabalhador portuário que recebeu a primeira dose fora do calendário, por motivo de viagem ou doença, só poderá completar o esquema vacinal após 60 dias da aplicação inicial.

“A vacinação é muito importante para os portuários, que estão na linha de frente do trabalho de abastecimento dos insumos para todo o Estado, assim como para a população. É pelo porto que muitos produtos chegam à casa dos pernambucanos e, por isso, esse grupo precisar estar seguro. Estamos muito confiantes que a segunda dose vai dar mais segurança a todos para continuarmos firmes, mantendo a economia de Pernambuco em desenvolvimento”, comemora Jorge Vieira, diretor de Administração e Finanças de Suape.

Assim como aconteceu na primeira dose, o OGMO – Suape cedeu o local, dentro da área portuária, para a montagem da estrutura onde serão administradas as doses da vacina. A infraestrutura necessária à operação, como instalação de toldo, de cadeiras com distanciamento necessário ao isolamento social, equipe de segurança a postos, entre outros equipamentos, já está toda preparada para receber os trabalhadores.

spot_img

Faça seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img

Siga-nos!

2,198FãsCurtir
148SeguidoresSeguir
5,820InscritosInscrever

Últimas postagens