spot_img

Agendamento Midiático: a força dos influenciadores e das redes sociais de fofoca

Durante o último ano muitas pautas humanitárias se tornaram evidentes e a propagação desses assuntos se deu por meio da distribuição em massa, seja pela TV ou pela internet. Nesse sentido, o jornalista é um importante comunicador social que está a serviço da população. Mas, por outro lado, como a maioria das pessoas estão consumindo notícias nas redes sociais, os influenciadores acabam exercendo um importante papel como comunicador de massa.
“Pensando na internet e pensando na população geral, digo que a gente sempre age em comunidade e, dificilmente quando uma pessoa levanta a mão sobre algo, aquilo repercute. Por outro lado, quando um grupo que tem ideias em comum falam sobre a mesma, há grandes chances desse tema ser discutido por um número maior de pessoas”. Assim, Fred Furtado, que é especialista em reputação e autoridade digital começou analisando a relação sociedade x redes sociais.
O CEO também falou sobre o peso que perfis de fofoca e influenciadores famosos fomentam a discussão nas redes sociais. “Existem perfis de fofoca na internet que tem uma força muito grande por causa do número de seguidores. Essas comunidades atuam em conjunto, é interessante essa análise, porque quando um fala, automaticamente os outros também falam, seguindo um efeito manada”, analisou.
E com isso, Fred analisa a influência. “Quando seguimos, por exemplo, cinco perfis de fofoca no Instagram, seguimos porque a gente gosta, nisso a gente dá ao perfil um poder de credibilidade grande, então se todos eles está falando sobre o mesmo tema, o assunto se torna verdade e nisso devemos ter cuidado, pois quando eles falam que determinada situação foi racismo, automaticamente se torna verdade”, analisa.
Sobre isso, o especialista faz um alerta. “A pergunta que faço é: eles acham aquilo verdade ou não ? Eles estão sendo pautados por alguém ou por alguma empresa ? Porque eles não perguntam, geralmente já impõe o assunto.
Levando em consideração que estamos em isolamento social, programas de entretenimento vêm ganhando audiência. Dentro dessa lógica podemos citar o programa Big Brother Brasil, conhecido popularmente como BBB, e que sempre levanta pautas que tomam maior visibilidade.
Nesse contexto, Fred avalia que: “Todos os temas têm que ser debatidos, mas os assuntos têm que ser falados em igual importância. Nesse sentido, a dúvida que levanto é: o Brasil quer ouvir sobre esses temas e o BBB responde a uma carência de pautas dos brasileiros ? Ou os brasileiros querem saber de outras coisas, mas o BBB impõe esses temas ?”, finalizou.
Sobre Fred Furtado
Fred Furtado é um executivo com foco na área digital, marketing de influência, performance e produção de conteúdo. Além disso, é especialista em social B.I e marketing de influência.
spot_img

Faça seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img

Siga-nos!

2,198FãsCurtir
148SeguidoresSeguir
5,860InscritosInscrever

Últimas postagens