spot_img

PARECER DA PROCURADORIA NÃO MUDA SITUAÇÃO DE WELLINGTON DA LW E DELEGADO ISRAEL, CONTINUAM CASSADOS

Na tarde de hoje o Ministério Público eleitoral junto ao TSE apresentou parecer pelo parcial provimento dos recursos apresentados pelo Prefeito e Vice-Prefeito cassados de Arcoverde, Wellington Maciel (MDB) e Israel Rubis (PP). Parecer esse que em nada altera a situação de cassação dos dois políticos proferida pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco no último dia 18 de fevereiro. Assim como em Brasília, em Pernambuco a procuradoria também deu parecer favorável e os dois acabaram sendo cassados por 7 x 0 no pleno do TRE-PE.

As decisões de primeiro e segundo graus que reconheceram os atos de abusos de poder político e econômico estão em plena eficácia, pois não há até a presente data qualquer decisão do Tribunal Superior Eleitoral, permanecendo o atual prefeito interino, o vereador Wevertton Siqueira (PSB), no comando da prefeitura até o julgamento final. Siqueirinha continua prefeito, portanto.

Assim como em Brasília, onde o vice-procurador Renato Brill deu parecer favorável aos dois políticos, o Ministério Público Eleitoral de Pernambuco, através do seu Procurador Regional Eleitoral substituto, Joaquim José de Barros Dias, fez a mesma coisa em parecer no dia 18 de janeiro deste ano, porém na hora do julgamento no pleno do TRE-PE, o parecer foi totalmente ignorado e Wellington Maciel e Israel Rubis tiveram os mandatos cassados e os direitos políticos suspensos por 8 anos.

No julgamento do TRE-PE, no dia 18 de fevereiro, os sete desembargadores rejeitaram o parecer e por sete votos a zero (7X0), mantiveram a condenação em razão das ilegalidades ocorridas nas eleições de Arcoverde. Os dois políticos ainda entraram com embargos para mudar a decisão do Tribunal Regional, mas esses mesmos embargos foram rejeitados também por sete votos a zero (7×0).

Questionados sobre o parecer do Procurador em Brasília, os advogados da Coligação Muda Arcoverde disseram que ”Mantém a sua plena confiança na Justiça e aguarda o pronunciamento final do TSE para que os arcoverdenses retornem às urnas para a realização de nova eleição sem vícios ou corrupção eleitoral”.

spot_img

Faça seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img

Siga-nos!

2,198FãsCurtir
148SeguidoresSeguir
5,860InscritosInscrever

Últimas postagens