spot_img

Governo de Pernambuco adere a projeto do Unicef para oferta de cursos, estágios e empregos a jovens em situação de vulnerabilidade

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), aderiu ao projeto Um Milhão de Oportunidades, desenvolvido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em parceria com empresas, sociedade civil e Organização Internacional do Trabalho (OIT). A iniciativa tem foco nos adolescentes e jovens de 14 a 24 anos, em especial aqueles em situação de vulnerabilidade, ofertando acesso à educação de qualidade; inclusão digital e conectividade; fomento ao empreendedorismo e protagonismo de adolescentes e jovens; e acesso ao mundo do trabalho em oportunidades de estágio, aprendiz e emprego formal.

Pernambuco é o primeiro estado do Brasil a assinar o termo de adesão e, nesta quinta-feira, já mobilizou as secretarias de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude; de Trabalho, Qualificação e Emprego; Desenvolvimento Econômico e a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego para participarem de um encontro virtual com o Unicef. De acordo com a iniciativa, a meta é gerar um milhão de oportunidades nos próximos dois anos para jovens de todo Brasil.

Secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes, responsável pela assinatura do termo de adesão, explica a importância de reunir forçar para fortalecer a iniciativa. “O Brasil conta com mais de 48 milhões de jovens, entre 10 e 24 anos. Mais da metade desse público sofre com diversas privações. Então iniciativas como essas precisam ser fortalecidas. Por isso, o Governo de Pernambuco se une ao Unicef para criar estratégias que possam fortalecer a oportunidade a nossa juventude”, afirmou.

De acordo com a Gerente geral do Sistema Socioeducativo, Suelly Cysneiros, a iniciativa Um Milhão de Oportunidades conta com uma plataforma digital (1mio.com.br) para auxiliar adolescentes e jovens na busca de informações acessíveis e de qualidade sobre oportunidades e formação para o mundo do trabalho, incluindo abrangendo todas as regiões. “Essas as oportunidades poderão ser acessadas no site e no aplicativo, que vão contar comum monitoramento sobre o preenchimento efetivo de cada oportunidade pelas empresas participantes. Agora, vamos estruturar um Plano de Trabalho para estruturar a forma como a gestão estadual poderá atuar”, explicou.

No caso de Pernambuco, o projeto também vai incluir ações para os jovens egressos do Sistema Socioeducativo e que cumprem medidas em meio aberto, vítimas de trabalho infantil e migrantes. A reunião contou também com a presença do secretário executivo de Política para Criança e Juventude, Eduardo Vasconcelos, do gerente de Políticas para Juventude, Antônio Mendes.

spot_img

Faça seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img

Siga-nos!

2,198FãsCurtir
148SeguidoresSeguir
5,790InscritosInscrever

Últimas postagens