spot_img

Porto de Suape alcança terceira posição no prêmio Portos + Brasil do Minfra

O Porto de Suape foi premiado pelo Ministério da Infraestrutura (Minfra), durante a segunda edição do evento Portos + Brasil. O atracadouro pernambucano alcançou o 3º lugar no ranking do Índice de Gestão das Autoridades Portuárias (Igap). A cerimônia, que ocorreu no Clube Naval de Brasília (DF), condecorou 21 autoridades portuárias pela excelência na gestão e, pela primeira vez, Suape ficou entre os três primeiros colocados nesse ranking, ficando atrás apenas do Portos do Paraná (primeiro lugar) e do Santos Port Authority (SPA) e Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), empatados no segundo lugar. A cerimônia aconteceu na quarta-feira à noite.

A iniciativa teve por objetivo contemplar as melhores práticas voltadas à excelência dos Portos Organizados brasileiros e contou com a presença do secretário-executivo do Minfra, Marcelo Sampaio, e do secretário Nacional de Portos Transportes Aquaviários, Diogo Piloni. “Para fazer boa gestão, é preciso ter boas equipes de gestão. Nós tivemos a oportunidade de chamar executivos respeitados no mercado e de pessoas com experiência na administração pública”, afirmou Piloni, acrescentando a parceria com a Marinha do Brasil como terceiro pilar para o sucesso recente dos portos organizados.

O diretor-presidente de Suape, Roberto Gusmão, pontuou que a premiação é fruto do trabalho em equipe que evoluiu em 2020 com a alta gestão e empenho dos colaboradores da empresa. “Mesmo com todas as dificuldades impostas pela pandemia, os colaboradores de Suape se uniram para produzir esse resultado, que vem abrindo as portas para novos investimentos em nosso porto e no Estado, a exemplo de vários grandes empreendimentos anunciados nos últimos meses”, afirmou Gusmão.

O prêmio foi recebido pelo diretor de Desenvolvimento de Negócios da estatal portuária, Luiz Alberto Barros. “É uma imensa satisfação estar entre os três melhores portos públicos no Igap, que é o prêmio mais completo e mais importante da administração portuária e Suape alcançar, pela primeira vez, essa posição, é muito gratificante”, ressaltou.

Houve, ainda, premiação dos três primeiros colocados nas seguintes categorias: Execução de Investimentos Planejados, Variação da Margem Ebitda, Crescimento da Movimentação (Autoridades Portuárias/Portos Públicos), Crescimento da Movimentação TUPs/Granel Sólido Agrícola, Crescimento da Movimentação TUPs/Granel Sólido Mineral, Crescimento da Movimentação TUPs/Granel Líquido e Crescimento da movimentação TUPs/Container. A lista completa está disponível no site do Ministério da Infraestrutura (https://www.gov.br/infraestrutura).

 

SOBRE SUAPE – Fundado há 42 anos no Litoral Sul de Pernambuco, entre os municípios de Ipojuca e Cabo de Santos Agostinho, o Complexo Industrial Portuário de Suape é considerado a âncora e a locomotiva do desenvolvimento do Estado, atraindo grandes empreendimentos em suas cadeias produtivas. Situado a apenas 40 quilômetros do Recife e instalado em uma área de 13,5 mil hectares, é um complexo que conta com 150 empresas instaladas e em implantação. Ainda contempla uma grande área de preservação ecológica, que representa 59% do território, reafirmando o compromisso da empresa com uma agenda verde e sustentável, aliando o desenvolvimento econômico com a proteção do meio ambiente. Em 2020, o porto movimentou o total de 25,7 milhões de toneladas de cargas, alcançando o recorde histórico e o quarto lugar no país no ranking da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

spot_img

Faça seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img

Siga-nos!

2,198FãsCurtir
148SeguidoresSeguir
5,820InscritosInscrever

Últimas postagens