spot_img

Paulo Câmara prestigia aniversário de 50 anos da Compesa

 

Ao destacar as realizações da companhia ao longo da história, governador renovou seu apoio às obras estruturadoras, que visam melhorar os serviços oferecidos à população.

O governador Paulo Câmara prestigiou, nesta segunda-feira (02.08), a celebração dos 50 anos da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), realizada na sede da instituição, no Recife. Acompanhado da vice-governadora Luciana Santos, ele ressaltou a importância da companhia para Pernambuco, e destacou os avanços registrados ao longo desse período.

“A Compesa mostra, em todos esses anos, que está determinada a cumprir o seu papel. Não vai faltar o nosso apoio para a realização das obras estruturadoras e, acima de tudo, para melhorar cada vez mais os serviços oferecidos ao povo pernambucano”, disse Paulo Câmara. A previsão total de investimentos da companhia para 2021 é de R$ 1,2 bilhão, visando a expansão dos serviços.

A presidente da Compesa, Manuela Marinho, afirmou que, durante esses 50 anos, muitos sistemas foram desenvolvidos e colocados à disposição da população, como Pirapama, Tapacurá, Jucazinho, entre outros. “Hoje temos mais de 22 mil quilômetros de tubulação de água distribuídos ao longo do Estado, dando 92% de cobertura. Além disso, são mais de seis mil quilômetros de tubulação de esgotamento sanitário, ou seja, 27% de cobertura. Mesmo com todos os desafios, não cessaremos enquanto não chegarmos à universalização”, pontuou Manuela.

Um dos investimentos mais representativos desse novo ciclo da Compesa é a autoprodução de energia, a partir da contratação de uma nova PPP para instalação de uma usina solar com capacidade de 135 MW. Previsto para os próximos três anos, o projeto visa o desenvolvimento de soluções tecnológicas para otimizar e reduzir custos com energia.

Na mesma direção, a companhia investe em tecnologia para o monitoramento da qualidade da água – dispondo de um laboratório modelo de análises – e no controle e monitoramento das operações de abastecimento, com um novo Laboratório de Eletrônica e Automação. Recentemente, também foi firmado um convênio com a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no valor de R$ 4 milhões, para estudos de inovação tecnológica no abastecimento de água em áreas de morros da Zona Norte do Recife.

“Estamos passando por um período de intensificação e o objetivo é que a companhia não só vibre e comemore aonde chegou no dia de hoje, mas também que, ao longo de todo esse planejamento e busca por modernização e tecnologia, possa dizer que atingiu a universalização e que a sustentabilidade ambiental possa ser garantida através da coleta e do tratamento adequado”, observou a secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista.

Participaram também da solenidade o secretário de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebelo; o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota; o presidente do Conselho de Administração da Compesa, João Bosco; o presidente da Cepe, Ricardo Leitão; e o presidente do Movimento Pró-Criança, Paulo Barbosa.

 

Clique na imagem para escolher um dos planos e venha falar conosco.  

spot_img

Faça seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img

Siga-nos!

2,198FãsCurtir
148SeguidoresSeguir
5,790InscritosInscrever

Últimas postagens